Hora de comer!

Café da manhã, almoço, jantar, lanches... Ninguém vive sem comer. Mas nem todo mundo come os mesmos alimentos. O que faz um alimento ser diferente do outro? Por que se diz que um alimento é mais nutritivo do que outro? O que são carboidratos, proteínas, lipídeos, vitaminas e sais minerais? Por que o nosso corpo precisa de tudo isso?! Apostamos na experimentação para responder a todas essas perguntas e propomos duas oficinas diferentes:

OFICINA 1: Para onde vai o que comemos?

Arroz, feijão, banana, maçã, biscoito, suco, leite, pão... Por que precisamos comer? E o que acontece com os alimentos depois que eles passam pela boca? Esta oficina ajuda os participantes a entenderem os processos de digestão dos alimentos e absorção de seus nutrientes e a perceberem que a comida é a fonte de energia do nosso corpo.

OFICINA 2: Por dentro dos alimentos

Esta oficina é um convite a colocar a mão na massa e descobrir do que são compostos os mais diferentes alimentos. Por meio de experimentos, os participantes podem verificar o teor de carboidratos, lipídeos e proteínas, assim como detectar a presença de algumas vitaminas, em diversos tipos de alimentos. Na sequência, que tal discutir o papel de cada nutriente identificado no funcionamento do nosso organismo? Outras questões também podem surgir, como: qual a diferença entre o refrigerante normal e o “zero”? Quais os tipos de proteínas presentes nesta verdura ou naquele legume? O limão tem mesmo vitamina C? E qual a diferença entre a margarina e a manteiga? As respostas são construídas com a investigação!