Detalhes que surpreendem

Os animais formam um conjunto de seres vivos com mais de um milhão de espécies e grande diversidade. Há inúmeros aspectos dos animais que podemos observar e tentar compreender, como a locomoção, a organização de suas células em tecidos distintos, o desenvolvimento de um sistema nervoso que permite sua reação aos estímulos ambientais… Nossa curiosidade pode nos levar a formular questões das mais simples às mais complexas. Para estimular o interesse pelos animais, apresentamos cinco oficinas muito específicas:

OFICINA 1: Mosquitos – ciência e mito

O mosquito é um ótimo modelo para incentivar o pensamento criativo na educação básica. As doenças transmitidas por esses animais estão sempre em alta nos noticiários, que destacam muitos casos de morte e incapacitação. Por meio de questões sobre a estrutura física e o funcionamento do organismo dos mosquitos, os participantes desta oficina são estimulados a realizar experimentos para responderem perguntas como: mosquitos macho e fêmea se alimentam de sangue? O sangue é importante para os ovos dos mosquitos? A duração do efeito dos repelentes descrita no rótulo é verdadeira? Até que altura o mosquito consegue voar? A temperatura ambiente tem influência na eclosão dos ovos dos mosquitos?

OFICINA 2: Músculos em ação

Eles são especializados em contrair e relaxar, possibilitam o movimento e a sustentação do corpo de muitos animais. Para investigar como os músculos trabalham, esta oficina propõe que os participantes realizem atividades sobre a contração das fibras musculares em diferentes situações. A curiosidade é disparada com experimentos que procuram respostas para perguntas do tipo: o que ocorre na contração muscular? O que é necessário para o músculo contrair? Como ocorre o relaxamento do músculo? Qual o papel do oxigênio no trabalho dos músculos?

OFICINA 3: Sangue, o líquido fundamental

Muita gente se surpreende ao saber que o sangue é um tecido líquido. Ele circula pelo sistema vascular dos animais transportando nutrientes, gases e produtos do metabolismo para diferentes partes do organismo. Entre os principais componentes do sangue estão o plasma, os glóbulos vermelhos (hemácias), os glóbulos brancos (leucócitos) e as plaquetas. Nesta oficina, os participantes podem observar as diferentes células do sangue, assim como avaliar a presença de diferentes nutrientes que são transportados. Outro tema a ser explorado são os grupos sanguíneos. Os experimentos partem de curiosidades como: podemos separar os componentes do sangue? O que é plaqueta? Por que o sangue fica mais vermelho quando tem mais oxigênio? Por que podem ocorrer problemas em algumas transfusões de sangue?

OFICINA 4: Por que paramos de sangrar?

Quando nos machucamos, as veias podem ser cortadas ou estouradas, e o sangue sai dos vasos. Se a hemorragia for para dentro do corpo, o acúmulo de sangue provoca a formação de um hematoma, a popular mancha roxa. Se ocorre um corte, um furo ou outro tipo de ferimento na pele, vemos o sangue do lado de fora do corpo. O que queremos saber é: como o sangue para de vazar? Nesta oficina o processo de coagulação é explorado sob vários aspectos, sempre de acordo com o interesse dos participantes. As atividades estimulam muitas questões – como: o que faz um anticoagulante? O sangue coagula quando entra em contato com o ar? Quanto tempo demora a coagulação? Por que o sangue dos hemofílicos não coagula? –, que são respondidas com diferentes experimentos.

OFICINA 5: Descobrindo sobre os venenos dos animais

Serpentes, aranhas e escorpiões são alguns animais capazes de produzir veneno como parte das suas estratégias de defesa e ataque. Os venenos podem atuar nos músculos, no sistema nervoso e/ou em outras partes do corpo do indivíduo atingido, causando paralisia ou até mesmo morte. Nesta oficina emocionante, os participantes podem analisar os venenos para entender sua composição e como agem. Sempre cabem perguntas! As que mais aparecem são: veneno causa hemorragia? O que o veneno faz no sangue? Todos os venenos são iguais? É possível separar os componentes do veneno? Podemos fazer um veneno artificial?

 

Veja outros temas.